Novidades

Netflix cria meia inovadora que pausa programação quando você adormece

Netflix cria meia inovadora que pausa programação quando você adormece

 

 

Quem nunca perdeu a melhor parte de um filme por cair no sono? Depois de um dia inteiro de trabalho, não é fácil se manter desperto, mesmo que a vontade de assistir um filme ou uma série seja muita. Mas, como sempre, a tecnologia chegou para nos ajudar.

A novidade da vez vem da Netflix, que, como se não bastassem os incríveis conteúdos que nos disponibiliza, decidiu investir na criação de uma meia inteligente que melhora nossa relação com esses conteúdos.Netflix Socks usam uma placa Arduino, uma bateria, um acelerômetro, um botão, luzes LED, meias e um pedaço de feltro pra pausar a programação sempre que você cair no sono.

O acelerômetro é o responsável por perceber quando o usuário para de se mexer, momento em que a luz LED começa a piscar, avisando que a programação será pausada pelo sistema.

O mais legal é que a Netflix disponibilizou um guia para quem quiser fabricar sua própria meia inteligente, veja aqui. 

Imagem: Reprodução Netflix

[via Olhar Digital]

Compartilhe

Natela Web lança novo site para Grupo Vigifort

Natela Web lança novo site para Grupo Vigifort

 


O Grupo Vigifort iniciou suas atividades em 2007 e oferece diversos serviços terceirizados, tendo como foco principal o serviço de Segurança Privada, que traz um novo conceito em Vigilância.

 

Na Página Inicial do site os banners ganham destaque em paralelo com os serviços oferecidos pela empresa. Logo abaixo há uma área dedicada a Página de Facebook da empresa e ao vídeo institucional. Além disso, em todas as abas do site o cliente encontra o mapa de localização da empresa e informações para contato.



O site também conta com as áreas Empresa e Atividades, onde o visitante acessa informações de histórico e mais detalhes dos serviços prestados. E as áreas Clientes e Contato, que trazem as marcas dos clientes de destaque da empresa e formulário de contato.  



Todo o site foi construído para se adaptar as diversas plataformas de navegação, como dispositivos desktop, tablet e mobile.

Confira todos os detalhes aqui.

 


 

Compartilhe

Google testa autoplay de vídeo em resultados de busca e causa polêmica

Google testa autoplay de vídeo em resultados de busca e causa polêmica

 
Vídeos podem começar a tocar automaticamente diretamente nos resultados de pesquisa do Google. A empresa que já implementou a função autoplay no YouTube, leva os primeiros experimentos com o recurso para as buscas do Google.com. Ao realizar uma pesquisa pelo computador, os resultados podem exibir vídeos na lateral com reprodução autônoma, como trailers de filmes, sem precisar clicar no botão de play. A novidade está surgindo somente para um grupo pequeno de usuários no mundo, ainda em caráter de testes.
 
O autoplay de vídeos no YouTube já se transformou em um recurso padrão, e passa a funcionar na tela principal da plataforma, nas inscrições e nos resultados de busca dentro do repositório de vídeos. Recentemente, o site de vídeos do Google anunciou o recurso de Preview de vídeos ─ que permite ao usuário ver uma prévia do conteúdo audiovisual antes de dar play ao vídeo. Quando foi anunciada, essa função foi comparada a sites com conteúdo pornográfico, que há anos já usam o recurso como forma de ajudar a escolher a qual vídeo quer assistir.
 
Nas buscas do Google, porém, a reprodução automática ainda não tem previsão de ser liberada para todos. “Estamos constantemente experimentando novas formas de melhorar a experiência de busca para nossos usuários, mas não temos planos de anunciar [o autoplay de vídeos] por enquanto”, declarou a gigante das buscas, em nota.
 
Facebook, Instagram e Twitter
 
O Google chega tarde ao autoplay de vídeos na internet. Antes, as redes sociais Facebook, Instagram e Twitter implementaram algo parecido nos seus respectivos feeds. Ao menos o Facebook, liberou tempos depois a possibilidade de desativar a reprodução automática de vídeos, assim como o YouTube. Nas buscas do Google, como não há uma oferta grande de conteúdo em vídeo para assistir para todo tipo de pesquisa, o objetivo do autoplay ainda não está claro no momento.
 
Fonte: Techtudo 

 

Compartilhe