Novidades Informação

Google inicia nova fase no Brasil

Com uma dinâmica típica das apresentações do Vale do Silício, o Google realizou, na quarta-feira, 22, o primeiro Google for Brasil, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo. No evento, a empresa anunciou novidades relacionadas a áreas específicas na qual ela pretende focar seus esforços nos próximos anos no Brasil, o que inclui cidades, saúde, entretenimento e educação.

Mais de dez executivos entre desenvolvedores e engenheiros apresentaram seus respectivos projetos. “Estamos há dez anos no Brasil e investimos R$ 500 milhões, nosso objetivo é continuar investindo em estrutura digital, no esforço para permitir uma internet aberta e no desenvolvimento de empresas”, disse Fábio Coelho, presidente do Google Brasil.
 
“Recebemos mais de 40 pessoas da nossa sede, sendo 17 vice-presidentes, que vieram conhecer um pouco mais sobre o Brasil e os hábitos dos consumidores brasileiros”, disse Coelho. O executivo reforçou que o Brasil é o único mercado, além dos Estados Unidos, que possui a estrutura completa do Google que inclui centro de engenharia, YouTube Space, Google Campus e o recém inaugurado Partner Plex.
 
Berthier Ribeiro Neto, primeiro funcionário do Google no Brasil e diretor do centro de engenharia da empresa em Belo Horizonte (MG), ressaltou os desenvolvimentos na área de otimização de buscas relacionadas à saúde que saíram do Brasil para o mundo. “São inovações e ferramentas que a gente desenvolveu aqui no Brasil e que passaram a ser utilizados globalmente”, disse Berthier. Mario Queiroz, vice-presidente de produtos do Google, que atua em São Francisco e foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento do Chromecast, afirmou que o país já é o segundo em número de usuários da ferramenta. “O Brasil serve como mercado estratégico gerando mais insights para desenvolvimento de produtos e serviços”, diz Mario.
 
A empresa anunciou lançamentos específicos como, por exemplo, chamadas de voz no Google Duo com o objetivo de reduzir o consumo de dados nas conversas. Também foi comunicada a chegada ao Brasil do Waze Carpool que permitirá conectar motoristas e possíveis caronistas, um misto de Uber e BlaBlaCar.
 
O Google também anunciou uma doação de R$ 15,1 milhões para a Fundação Lemann com o objetivo de financiar um projeto, em conjunto com a revista Nova Escola, que ajudará a preparar professores brasileiros para a sala de aula do futuro.
 

Compartilhe